Battle Islands v 2.7 apk mod DINHEIRO INFINITO


BOTÃO ADS
Nenhum comentário:


Battle Islands apk mod


O ano é 1942, e no longínquo Pacífico Sul seu pelotão de assalto desembarca numa ilha tropical, mas conseguirá você derrotar as forças inimigas e manter sua linha de frente para lutar mais um dia?


 Pequenos bugs corrigidos


Atualizado: 21/10/2017

Internet: Necessário

ROOT: Não necessário

Requer Android: 4.1 ou superior

Versão: 2.7

Oferecido por: 505 Games Srl


Para instalar uma versão modificada do jogo, é necessário remover a versão original. Isso removerá todos os seus dados nível de desenvolvimento e o progresso geral do jogo

1 - Faça o download do APK

2 - Instale o APK em seu Android

3 - Abra o jogo e seja feliz.

"O dinheiro é infinito mesmo em saldo zero"

"Qualquer dúvida poste nos comentários"




TAGS: battle islands dicasbattle islands ps4battle islands xbox onebattle islands cheatsbattle islands androidbattle islands pcbattle island ps4 cheatsbattle islands hack


Compartilhe com amigos

TUTORIAL COMO BAIXAR NO SITE CLIQUE AQUI

COMO INSTALAR JOGOS COM OBB-DATA CLIQUE AQUI
Qualquer modificação do arquivo APK viola a capacidade de sincronizar e salvar o progresso do jogo com os serviços do Google (Google Play, Google+) ou Facebook. Para que o APK modificado tenha sincronização, é necessário realizar algumas ações.

FACEBOOK: Se você quiser fazer login com sua conta do Facebook e tiver problemas, exclua o aplicativo do Facebook em seu dispositivo e faça login pelo jogo. Depois de conectar, basta baixar o aplicativo do Facebook novamente através do Google Play.

GOOGLE PLAY E GOOGLE+ (ROOT): Para fazer login com o Google Play e Google+ é necessário ROOT, Siga o tutorial (CLIQUE AQUI).
ATUALIZAR APK MOD SEM PERDER O PROGRESSO

Se a versão antiga do jogo foi baixada aqui no site, seu progresso será salvo. Caso contrário, seu progresso não será garantido. Baixe o apk atualizado e obb (se necessário) e instale sobre o antigo sem excluir nada.

"Este jogo está desatualizado? Solicite a atualização nos comentários."