Into the Dead v 2.5.3 apk mod DINHEIRO INFINITO


BOTÃO ADS
Nenhum comentário:


Into the Dead apk mod

Num mundo infestado de Mortos, tu sobreviveste... mas durante quanto tempo?Into the Dead leva-te ao horripilante mundo do apocalipse de zombies, onde não há segundas oportunidades. Faz o que tens de fazer para te manteres vivo, mexe-te o mais depressa que conseguires e protege-te seja de que forma for. Quando os Mortos se erguerem, foge!

Comprado todos os produtos na loja, há muitos tokens disponíveis.


 Suporte para Google Play Games Services


Atualizado: 20/09/2017

Internet: Não necessário

ROOT: Não necessário

Requer Android: 4.1 ou superior

Versão: 2.5.3

Oferecido por: PIKPOK



Para instalar uma versão modificada do jogo, é necessário remover a versão original. Isso removerá todos os seus dados nível de desenvolvimento e o progresso geral do jogo

1 - Faça download do APK

2 - Instale o APK em seu Android

3 - Abra o jogo, e seja feliz.

"Qualquer dúvida poste nos comentários" 



Compartilhe com amigos

TUTORIAL COMO BAIXAR NO SITE CLIQUE AQUI

COMO INSTALAR JOGOS COM OBB-DATA CLIQUE AQUI
Qualquer modificação do arquivo APK viola a capacidade de sincronizar e salvar o progresso do jogo com os serviços do Google (Google Play, Google+) ou Facebook. Para que o APK modificado tenha sincronização, é necessário realizar algumas ações.

FACEBOOK: Se você quiser fazer login com sua conta do Facebook e tiver problemas, exclua o aplicativo do Facebook em seu dispositivo e faça login pelo jogo. Depois de conectar, basta baixar o aplicativo do Facebook novamente através do Google Play.

GOOGLE PLAY E GOOGLE+ (ROOT): Para fazer login com o Google Play e Google+ é necessário ROOT, Siga o tutorial (CLIQUE AQUI).
ATUALIZAR APK MOD SEM PERDER O PROGRESSO

Se a versão antiga do jogo foi baixada aqui no site, seu progresso será salvo. Caso contrário, seu progresso não será garantido. Baixe o apk atualizado e obb (se necessário) e instale sobre o antigo sem excluir nada.

"Este jogo está desatualizado? Solicite a atualização nos comentários."